Criar um Site Grátis Fantástico
GEMIDOS- Marcelo Cavalcante / Paulo Maia
GEMIDOS- Marcelo Cavalcante / Paulo Maia

 

pra que fingir um entardecer
triste como as vagas
feio como as falas
surdo como as pedras deste sertão?
pra que pedir as esmolas,
as escolas que não dão,
os caminhos que não levam
a lugar nenhum que se queira abraçar?
pra que curtir um protesto
amargo, doido e corrompido
pelos donos da escrita
e da bendita lei:
“faça o que eu digo, faça,
é preciso resistir”?

por que fingir sentir prazer,
neste gemido seco
estalando dentro da barriga oca
da vontade louca de não se perder?
pra que calar a fala da boca
a mosca da sopa
ou fundir a cuca e o corpo
se nem dá nem pra um começo de liberdade?
pra que curtir um protesto
amargo, doido e corrompido
pelos donos da escrita
e da bendita lei:
“faça o que eu digo, faça
é preciso resistir”?

pra que curtir um protesto
amargo, doido e corrompido
pelos donos da escrita
e da bendita lei:
“faça o que eu digo, faça
é preciso resistir”?

Rating: 2.5/5 (106 votos)

ONLINE
1







Total de visitas: 24020